Raptos Parentais

Partilhe

Raptos Parentais

Raptados pelos próprios pais (Expresso, 22/9/2012)

Raptos parentais triplicaram em 2009 (JN, 26/5/2010)

Por tolerância zero ao rapto parental (Destak, 25/5/2010)

Desapareceram 41 crianças em 2010 (SOL, 10/8/2011)

O rapto do próprio filho é cada vez mais normal em Portugal (I, 19/1/2011)

Duplicam queixas de rapto parental (Destak, 22/12/2011)

É um dos casos mais recentes em Portugal do chamado “rapto parental” (RTP, 28/1/2011)

A ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PELA IGUALDADE PARENTAL E DIREITOS DOS FILHOS tem por fim as actividades de carácter cívico, cultural, formativo e informativo, no âmbito da protecção e fomento da igualdade parental, nos seus diferentes níveis de intervenção – legislativo, jurídico, psicológico, mobilização da opinião pública, entre outros -, relativamente aos direitos dos filhos (crianças e adolescentes) cujos pais se encontrem separados ou divorciados.