Parentalidade Positiva

Partilhe

A Parentalidade Positiva define-se como um “comportamento parental baseado no melhor interesse da criança e que assegura a satisfação das principais necessidades das crianças e a sua capacitação, sem violência, proporcionando-lhe o reconhecimento e a orientação necessários, o que implica a fixação de limites ao seu comportamento, para possibilitar o seu pleno desenvolvimento”.

(Recomendação do Conselho da Europa, Lisboa 2006)

brochura parentalidade positiva (CLIQUE NA IMAGEM PARA FAZER O DOWNLOAD DA BROCHURA DA PARENTALIDADE POSITIVA DO CONSELHO DA EUROPA EM VERSÃO WEB)

CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD DA VERSÃO DE IMPRESSÃO

 

 

Por outras palavras, a Parentalidade Positiva visa criar as condições (necessárias, suficientes, óptimas?) para que as crianças possam desenvolver as suas capacidades de forma o mais completa possível, tanto dentro,como fora da família.

 

Capacidades em desenvolvimento na criança

A ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PELA IGUALDADE PARENTAL E DIREITOS DOS FILHOS tem por fim as actividades de carácter cívico, cultural, formativo e informativo, no âmbito da protecção e fomento da igualdade parental, nos seus diferentes níveis de intervenção – legislativo, jurídico, psicológico, mobilização da opinião pública, entre outros -, relativamente aos direitos dos filhos (crianças e adolescentes) cujos pais se encontrem separados ou divorciados.